• História,  Jornalismo,  Reportagem

    Os ataques de neopentecostais à história dos povos kaiowa e guarani

    Primeira videorreportagem do programa de microbolsas lançado pela Agência Pública para repórteres indígenas mostra resistência de aldeias do MS à intolerância religiosa Por Luan Iturve e Valdinéia Jorge  A primeira produção de repórteres indígenas da Agência Pública, selecionados através de projeto divulgado em fevereiro de 2022 aqui no Jornalismo & História, escancara a impunidade de ações criminosas contra áreas localizadas em Dourados, no Mato Grosso do Sul. A reportagem aborda os constantes ataques de neopentecostais aos rezadores kaiowa e guarani nos últimos anos. Uma onda de incêndios contra casas de reza tradicionais tem sido a face mais visível da intolerância religiosa de grupos formados por indígenas convertidos que passam a…