• História,  Jornalismo

    Jornalismo escrito à mão: a pioneira e inovadora Gazeta de Buenos Aires

    Primeiro manuscrito noticioso do Cone Sul nasceu sob a pena de um comerciante francês que adulava as autoridades da Coroa espanhola para viabilizar a publicação Por Mauro César Silveira Buenos Aires fervilhava nos anos 60 do século XVIII e as folhas volantes se multiplicavam cada vez mais. Percebendo o interesse dos portenhos em obter informações sobre os mais diferentes temas, seja pela crescente proliferação dos escritos avulsos ou pela intensa procura dos periódicos que chegavam da Espanha, o comerciante francês Jean Baptiste de La Salle – homônimo do santo católico – lançou, em 1764, a Gazeta de Buenos Aires. Ele reuniu várias folhas manuscritas em um pequeno caderno, com notícias…

  • Jornalismo,  Resenha

    “Cala a boca, que eu não te perguntei nada”

    Documentário Cercados mostra os bastidores e desafios da cobertura jornalística da pandemia no Brasil Por Natália Huf Informação e emoção são boas palavras para definir o documentário Cercados – A imprensa contra o negacionismo na pandemia. Com foco nos grandes veículos de imprensa, o filme retrata os bastidores da cobertura jornalística sobre o Coronavírus, o governo brasileiro e o sistema de saúde. Depoimentos e vivências de profissionais de jornais impressos, rádios e emissoras de TV constroem a narrativa e mostram os desafios de trabalhar com tempo curto, jornadas e salários reduzidos e escassez de informações oficiais. Lançado em 3 de dezembro de 2020, o documentário está disponível no streaming GloboPlay. …

  • Diálogos,  História,  Jornalismo

    A estrela de Clarice Lispector brilha na Espanha

    No mês do centenário do seu nascimento, vida e obra da escritora têm grande repercussão no maior país ibérico Por Mauro César Silveira Tão desconcertante como a pandemia que assola o mundo, como compara a escritora e crítica cultural aragonesa Mercè Ibarz, a poderosa literatura de Clarice Lispector dá as cartas nos meios jornalísticos espanhóis. Neste mês de dezembro, em que a brasileira nascida na Ucrânia completaria 100 anos, sua vida e obra resplandecem em diferentes formatos, sejam impressos ou digitais.  Antes mesmo da efeméride, no dia 10, começaram a circular reportagens, ensaios, resenhas, comentários e notas, disseminados pelas diferentes regiões da península ibérica. E nada indica que o brilho…

  • História,  Jornalismo

    A crônica jornalística que marcou a vida da autora de “A Hora da Estrela”

    A morte do assaltante fugitivo conhecido como Mineirinho, no dia 1º de maio de 1962, depois de ser perseguido por uma força policial composta por 300 homens, seria tema de uma das crônicas jornalísticas de Clarice Lispector, publicada na edição do mês seguinte da revista Senhor, que circulou no Rio de Janeiro entre 1959 e 1964, inspirada em publicações estadunidenses, como Esquire e New Yoker. O texto, intitulado Um gramo de radium – Mineirinho, foi um dos dois prediletos da escritora – o outro é o conto O ovo e a galinha –, em toda sua prolífica carreira, como ela revelou na sua última entrevista, em 1977, concedida ao jornalista Júlio Lerner…

  • Entrevista,  História

    Javier Viveros: “As guerras são pedreiras inesgotáveis de histórias”

    Maior roteirista de quadrinhos do Paraguai aborda a importância dessa arte visual para a reconstrução do passado Por R. Melissa Dos Santos Ele já era um renomado escritor e poeta quando, em meados da década passada, enveredou para o fascinante mundo dos quadrinhos. Hoje, se constitui num personagem importante da história do presente do Paraguai: mestre em Literatura pela Universidade Nacional de Assunção (UNA), membro da Academia Paraguaia da Língua Espanhola, atuante engenheiro informático e, indiscutivelmente, o mais prolífico e qualificado roteirista de livros ilustrados do país. Em pouco tempo, se tornou o grande protagonista do atual boom da chamada nona arte em terras paraguaias. É o coordenador de vários…

  • História,  Jornalismo,  Reportagem

    O virtual perpetuando o legado de Euclides da Cunha

    Adaptação da SE2020 para o formato online rompeu barreiras e manteve vivo o Movimento Euclidiano Por Bárbara Dal Fabbro Ser maratonista e participar da Semana Euclidiana sempre foi um momento de encontros, conhecimento, pertencimento e alegria. Pode parecer estranho que crianças, adolescentes e adultos se unam, anualmente, de 9 a 15 de agosto, para estudar, debater e se aprofundar na obra de Euclides da Cunha. Sim, este é o mote da SE, mas não só ele. O Euclides estudado não é apenas o profissional, engenheiro, escritor e jornalista, mas o Euclides homem, com seus diversos interesses, valores morais e questionamentos sobre o mundo. Iniciei minha trajetória como maratonista ainda criança,…