• História,  Jornalismo

    A gênese jornalística do Cone Sul

    Circunstâncias históricas conduziram Buenos Aires ao pioneirismo das publicações impressas na Bacia do Rio da Prata Por Mauro César Silveira Bem antes de ser autorizada a primeira tipografia no Brasil, com a vinda da família real em 1808 e a implantação da Imprensa Régia, as regiões colonizadas pela Espanha conheceram os meios de impressão que permitiriam a ascensão do jornalismo. Já na terceira década do século XVI, a partir de 1532, com quase três séculos de precedência, a atual cidade do México recebeu equipamentos gráficos transportados desde o continente europeu. Não por acaso, os pioneiros periódicos das Américas Central e do Sul surgiriam nos espaços geográficos colonizados pelos espanhóis. Até…

  • História,  Jornalismo,  Resenha

    Uma repórter no meio do inferno

    Livro “Dez dias num hospício”, resultado da experiência de falsa identidade da jornalista estadunidense Nellie Bly, ganha quatro edições no Brasil em menos de um ano Por Mauro César Silveira À primeira vista, não poderia haver proposta mais indecorosa: ela teria que se fazer passar por uma pessoa com graves problemas mentais, provocar sua própria internação em um hospital psiquiátrico, sem previsão de alta, e tentar obter as informações mais detalhadas possíveis das condições do local. Mas a jovem repórter Nellie Bly, pseudônimo de Elizabeth Jane Cochran, não se intimidou. “Disse que podia e o faria. E fiz”. A resposta imediata, resoluta, ao editor Colonel Cockerill – uma ideia dele…

  • Diálogos,  História,  Jornalismo

    O estigma da suspeição no Império

    Notícias de prisões reincidentes na Corte compõem a construção narrativa da criminalidade nos tempos de D. Pedro II Por Maria Fernanda Ribeiro Cunha  Um sem-número de histórias aparecem diante dos olhos de pesquisadores que colocam a imprensa à exame da História. Enquanto pesquisava sobre a invenção das classes perigosas na segunda metade do século XIX, me deparei com a experiência de pessoas policiadas que tiveram suas vidas narradas nos periódicos fluminenses. O policiamento na Corte era parte da pauta de colaboradores e redatores dos jornais da imprensa comercial, que produziam elementos da suspeição importantes na disputa de forças encontrada entre policiais e policiados nas ruas da cidade. Em meio a…

  • História,  Jornalismo,  Reportagem

    Os ecos do livro secreto da ditadura

    Documentos apontam que os ideais do projeto Orvil se propagaram dentro das forças armadas e reverberam hoje no discurso bolsonarista Por Lucas Pedretti No início de 1989, o chefe do Centro de Informações do Exército (CIE), general Sérgio Augusto de Avellar Coutinho, mudou o formato dos Relatórios Periódicos Mensais (RPM) do órgão para a “difusão de conhecimentos destinados ao seu público interno”. Com alterações na diagramação, na linguagem e na distribuição, o militar tentava ampliar a influência dos chamados RPMs na formação da tropa. Era um tempo de transformações no país, e o Exército se estruturava para o novo momento: a redemocratização. Após mais de duas décadas de ditadura militar…

  • Diálogos,  História,  Jornalismo

    Um pintor entre dois mundos: Parte II

    O voo europeu do artista uruguaio Carlos Wahington Aliseris nas páginas da emblemática revista belga Clarté Por Maria de Fátima Fontes Piazza A segunda revista apresentada é Clarté: art et art décoratif, architecture, publicada na capital da Bélgica, tendo como diretor Monsieur Herman Dons, cujo escritório da redação se localizava na Rue du Gentilhomme, número 11, em Bruxelas, foi patrocinada pela firma “La glace polie A. M. G. E. C.  Association des Manufactures de Glaces de l’Europe Continentale”, que valorizava a arquitetura moderna ou modernista, do concreto e vidro. Dessa revista interessam dois números. Primeiro, o número 1, de janeiro de 1939, no 12º ano de circulação da publicação, vendida…

  • Diálogos,  História,  Jornalismo

    Os excluídos da História

    Jornalismo brasileiro costuma ignorar profissionais dessa área do conhecimento como fontes qualificadas para abordar fatos do passado Por André Gobi O historiador é uma figura quase ausente na imprensa brasileira. Não é difícil encontrar reportagens com temas históricos onde não há um historiador comentando. Este profissional geralmente tem dividido as páginas dos jornais com receitas de bolo, com horóscopo e com o Recruta Zero. No dia 09 de julho deste ano, 2021, o jornal O Estado de S. Paulo publicou uma matéria intitulada Cartas de 1932 revelam histórias de amor e coragem durante a Revolução Constitucionalista. Foi publicada nessa data em referência ao feriado paulista que, segundo a própria Assembleia…

  • Diálogos,  História,  Jornalismo

    Um pintor entre dois mundos

    Da revista brasileira Vanitas à publicação belga Clarté, a circulação transatlântica do artista uruguaio Carlos Wahington Aliseris Por Maria de Fátima Fontes Piazza Da vaidade à claridade, duas revistas, uma belga e outra brasileira, uma de fait-divers e a outra voltada às artes visuais, arquitetura e com pitadas de museologia, revistas tão diferentes entre si, apresentam dois artigos que tem como objeto: o pintor, diplomata e mediador cultural uruguaio Carlos Washington Aliseris (1898-1974) e a sua obra para o público do Brasil e da Bélgica. No caso da revista belga, há uma mudança de perspectiva da história da arte, da periferia para o centro, ou seja, um ponto de inflexão…

  • História,  Jornalismo,  Resenha

    Outro genocídio bem brasileiro

    Aclamada obra da jornalista Daniela Arbex inspira a série Colônia, sobre o maior hospício do Brasil, em Barbacena, Minas Gerais, aterrador cenário de 60 mil mortes ao longo de sua existência Por Mauro César Silveira Os estigmas costumam resistir ao tempo como os metais refratários às mais elevadas temperaturas. A cidade de Barbacena, no sul de Minas, ainda não se livrou da imagem associada a lugar habitado por aqueles seres “anormais”. Não adiantou a árdua luta da repórter investigativa Daniela Arbex para quebrar o silêncio histórico em torno do Colônia, como era chamado o maior manicômio do Brasil, e contar as histórias das pessoas sobreviventes ao método de confinamento forçado…